Escolha um idioma:
Acertando suas contas
 
acertando-suas-contas
Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve, e a vida é MUITO para ser insignificante. (Augusto Branco)

Orientação quanto ao Orçamento Familiar ou Planejamento Financeiro Mensal
Estimativas de Receitas(Rendas/Salários) vs. Custeios e Investimentos

O demonstrativo-modelo que criamos pode ser ajustado de acordo com as necessidades de cada pessoa, podendo inclusive ser utilizado por Pequeno empresário. No entanto, baseado em suas atividades, tem que substituir os itens por outros tipos de desembolsos mensal realizados com o seu Plano de Trabalho.
· Fluxo de desembolso está equacionado por números de Semanas(Vide Balancete de Planejamento Financeiro Familiar) onde o mês é mais longo e porisso designamos 05(cinco) Semanas, visando atender o fechamento de um fluxo completo.
· Dividimos o Demonstrativo em uma 1ª emissão, compreendendo somente os Custeios e as Receitas e apurando o seu Resultado(Receitas menos Custeios) : Resultado Positivo ou Negativo ?
· Na 2ª emissão do Demonstrativo, se houver Resultado, transformar em Reserva Técnica, incluir um Plano de Desembolso para Investimentos e Custeios Sazonais por espécie dentro de uma necessidade genérica, porém, observamos que caso as Receitas não sejam suficientes, em tempo o consumidor deve de imediato subtrair Custeios e se fôr o caso, Captar Recursos Programado.
· É importante observar que dentro desta equação função Renda(Y) versus Custeios(X), só podemos aplicar em custeios extras e efetuarmos Investimentos dentro das combinações necessárias, se efetivamente houver uma Reserva Técnica Planejada.
· O exemplo é ilustrativo buscando o Equilíbrio desejado, se assim não organizarmos, entraremos no Vermelho e sem uma roupagem de Planejamento não sairemos tão fácil deste ou daquele Déficit.
· Lembramos que esta dinâmica é para auxiliar e assistir de forma ordenada todos aqueles consumidores, que pretendem estabelecer uma regra básica para os compromissos futuros e dentro de um prazo estabelecido. O pequeno Balancete visa evitar os atropelos e dissabores da dívida não qualificada, que tanto atormenta qualquer acidentado, motivado pela falta de um Planejamento Global Anual.
· Emitimos uma 3ª Emissão com a finalidade de acumularmos mensalmente os custeios e as receitas com objetivo de apurarmos um Resultado Anual(Demonstrativo de Resultado Acumulado)

Existem alguns cuidados básicos que o consumidor deve tomar quanto a Organização Financeira:
1. Arquivo Interno : Separar os documentos relativos a Aquisições e respectivos pagamentos e envelopar em cada movimento mensal, mantendo os documentos pelo menos por 06(seis) anos em Caixas Apropriadas, evitando umidades, a determinação do prazo é em função da exigência Fiscal (SRF.MF).
1.1. Quando se tratar de Aquisições de Bens de Capital ou Bens duráveis, separar as Notas Fiscais, os pagamentos de Carnet’s e as Garantias dos Produtos, mantê-los por tempo indeterminado enquanto houver vida útil dos Bens ou Produtos.
1.2.Se fizer investimentos em Veículos, Apartamentos, Casas, Terrenos e outros títulos, separe os documentos originais, extraia cópia e os mentenha em lugar Seguro e Apropriado, evitando embaraços no futuro, para um eventual suporte de provas na reclamação.
1.3.Quanto aos holleriths guardá-los em ordem de competência e encerrar cada exercício com os Informes de Rendimentos, deve manter em arquivo por mais 50(cinquenta) anos ou até a sua aposentadoria.
1.3.1.Se sair do trabalho, requeira junto ao RH da empresa, um AAS . Atestado de Afastamento de Salário e anexe aos demais comprovantes que originaram as informações.


Orientação quanto aos demais instrumentos necessários para equacionar a posição analitica dos débitos ( Baixar) efetuar os Downloads )

Os respectivos demonstrativos abaixo mencionados são modelos a serem baixados ou copiados pelo interessado, foram criados de uma forma simples para ilustrar como se equaciona ou Planeja uma Vida Financeira. Trata-se de elementos de instruções evidentes para o associado ou aquele acidentado que queira contribuir com o próprio processo que si encontra e dependendo do caso, possa nos remeter para assisti-lo
É importante deixar claro, que os nossos modelos não são os essenciais e nem os mais indicados para levantar e criar meios de conhecer a si próprio, longe está a nossa intenção de merecer tamanho elogio, evidente que existem outras Planilhas Financeiras e até de interligados ao sistema internet que pode vir a auxiliá-los.
O nosso intuito é apenas, criar uma possibilidade de Demonstrar o início da Educação para um Pequeno Controlino que evidencie predicados ao acidentado, buscar mais rapidamente o Equilibrio.
1. Fluxo de Caixa Quadrimestral;
2. Fluxo de Caixa Semestral
3. Formulário para Elaboração de Proposta : Questionários para Empresa : levantamento preliminar;
4. Formulário para Dívida Financeira ou Fiscal . Bco do Brasil
5. Demonstrativo para discriminação das Dívidas
6. Balanço Familiar Mensal ou Orçamento Doméstico com movimento Diário de Receitas e Custeios;
7. Planejamento Doméstico Familiar
7.1. Custeios vs. Receitas
7.2. Aplicação em Custeios Sazonais e Investimentos

Elaborado Por: Nilson Antonio Ribeiro
Auditor Contador CRC-SP n.º 109.448/O-3 TMS e Administrador de Empresas CRA.SP n.º 18.844

Faça download dos formulários que o Clube dos Endividados desenvolveu para ajudá-lo a acertar sua contas.

» Modelo de Time Sheet - Controle de Tempo no Cliente
» Balanço Analitico Mensal de Controle Familiar (Receitas x Custeios = Poupança (investimento))
» Formulário Dívida Financeira ou Fiscal - Bco do Brasil
» Formulário para Elaboração de Proposta
» Fluxo de Caixa Semestral
» Fluxo de Caixa Quadrimestral
» Relação de Dívidas - Modelo do Espelho
» Balancete do Planejamento Familiar
banner_370x150
logo_arautos do evangelho 3
cinza
© Clube dos Endividados 2013. Todos os Direitos Reservados
Visitas: conter12
Produzido por Gestão Ativa Soluções Web